Informações(011)2176.7700
Tempo de atendimento Pronto-Socorro
25min
Resultado de Exames Pré-agendamento de consultas e exames
https://www.hsi.org.br/dicas-de-saude/saude-do-coracao/

Saúde do coração

Quais as principais atividades físicas que devemos praticar para manter a saúde do coração?

Pensando no aspecto cardiológico, devemos praticar exercícios aeróbicos, independente de qual seja o tipo de exercício escolhido. É aconselhável praticar de 4 a 5 dias por semana.

Caminhar é um ótimo exercício! Pode-se caminhar um pouco por dia, com o objetivo de acumular 15 km por semana.

É verdade que queijos amarelos entopem as veias do coração?

Quaisquer alimentos ricos em gorduras chamadas “saturadas” geram aumento no risco de formação de “placas de gordura” nas artérias, os chamados ateromas. É claro que depende muito da condição clínica do paciente, doenças associadas (diabetes, hipertensão, tabagismo), fatores genéticos e nutricionais.

Quais são os vegetais mais indicados na alimentação preventiva de doenças no coração?

A alimentação deve ser balanceada, evitando o excesso de gorduras saturadas. Todos os vegetais são bons para o coração e os que são ricos em substâncias antioxidantes teoricamente são mais adequados. A cultura popular de que a berinjela é o melhor alimento para o coração é mito. Em relação ao vinho, devemos destacar que os benefícios podem ser atingidos pelo suco de uva.

O que fazer para salvar uma pessoa com ataque cardíaco?

Frente a um ataque cardíaco, o tempo é um fator muito importante, com piora na sobrevida em pacientes que demoram a chegar nos hospitais. Desse modo, a melhor conduta é levar rapidamente para um serviço de emergência.

Infarto em mulheres são mais fulminantes?

Na verdade, isso vale apenas para as pacientes mais idosas e quando existem várias doenças associadas, onde se observa maior mortalidade. E independente do sexo, a letalidade do infarto agudo do miocárdio é sempre maior no paciente idoso.

Quantas vezes devemos fazer exames cardiológicos por ano?

Em condições gerais, uma vez ao ano. Todavia, dependendo do perfil dos fatores de risco do paciente e dos sintomas, podemos tornar as avaliações mais frequentes, com reavaliações trimestrais.

Fonte:

Dr. Ronaldo Rosa – Cardiologista

CRM 69240

 

Hospital Santa Isabel

Rua Dona Veridiana, 311 - Higienópolis - São Paulo/SP

(11) 2176.7700

Centro Médico e de Medicina Diagnóstica

Rua Dona Veridiana, 311 - Higienópolis - São Paulo/SP

(11) 2176.7135